quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Coisas do bau


Bom, que eu escrevo todo mundo já sabe, aqui, estou desde 2007, ora com textos mais profundos, ora com amenidades que fazem parte do meu dia a dia e servem para relaxar. Mas sempre com coisas que pertencem ao meu coração!!

Mas já escrevia também desde não sei quando, e acho que isso já faz mais tempo do que eu própria pensava!!
Andei recuperando algumas dessas coisas, que por sinal em outros tempos talvez eu até nem gostasse muito (não quero dizer que gosto agora), mas que gostaria de saber a opinião diversa e absolutamente verdadeira dos meus amigos queridos que tem paciência de ler!!!

A medida que meu tempo e paciência permitirem, pretendo continuar o meu trabalho de escavação em alfarrábios e ver o que acho...vamos ver se tem algo aproveitável!!

Isso seria ideal ao coração de cada um de nós!!!


CORAÇÃO

Sentir,
Deixar fluir,
Deixar nascer,

Incentivar a crescer, aumentar o ritmo das batidas, acelerar o coração tão cansado de sofrer, de ver os seus sonhos morrer.

Dar a ele uma chance, tantas vezes negada, aquela oportunidade esperada, de poder crescer.

Livrar dele as mágoas,
Que se vá com as águas,
Que se vá com o ano,
Que se caia esse pano,
Que o cobre de negro.

Que reluza nele o brilho do verão,
A nova estação,
Do amanhecer florido, do céu colorido;

Que tenha nele um espelho;

Que se traduza a língua universal,
Seus doces desejos,
Seus afagos e beijos,
Seu bater magistral.

Que daqui para frente, só de uma coisa ele possa falar,

Das doces lembranças que há de ter para recordar!
(07/12/90)

4 comentários:

Lucinea disse...

Que lindo texto, vc escreve muito bem !!!
beijokas

Lucinea disse...

Que lindo texto, vc escreve muito bem !!!
beijokas

Carol disse...

Lindo, Claudia!!! Muito profundo!!! Amei!

Nédier disse...

Nossa!!! eu tenho uma nora poeta!! Assim você me mata!!
Lindi! Lindo!!
Beijo,
Nédier